SEMANA DA CRIANÇA

Comissão do Esporte e Frente Parlamentar se mobilizam em defesa do pequeno atleta

Deputado Federal Roberto Alves - Republicanos SP

Mesa-redonda será presidida pelo deputado federal Roberto Alves (Republicanos-SP)

A Comissão do Esporte da Câmara dos Deputados (CESPO) e a Frente Parlamentar Contra o Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes realizam, nesta semana, uma mobilização de combate à violência contra crianças e adolescentes no esporte brasileiro.

O objetivo é chamar a atenção da sociedade para a violência que atinge os jovens atletas – abuso sexual, racismo, maus-tratos, assédio, entre outros tipos – e os afasta da carreira.

A mobilização começa nesta segunda-feira (7) pelas redes sociais da CESPO e do presidente da frente parlamentar, deputado federal Roberto Alves (Republicanos-SP), que vai até domingo (12), Dia das Crianças. Serão publicados cards com mensagens aos adultos, para que protejam as crianças e os adolescentes contra qualquer tipo de violência e que façam do esporte um instrumento de formação moral do jovem atleta.

Na terça-feira (8), será realizada uma mesa-redonda para discutir o tema na Câmara dos Deputados, com a presença de atletas e especialistas. Entre os convidados, estão a promotora do Ministério Público do Rio Grande do Sul, Denise Vilela, a ouvidora da Federação Sul-Americana de Jiu-Jitsu, Luciana Neder, o presidente do Sindicato de Atletas Profissionais do Estado de São Paulo, Rinaldo José Martorelli, o gerente de Sustentabilidade e Responsabilidade Social da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Diogo Cristiano Netto, e o repórter do site El País Breiller Pires, que desenvolveu uma grande pesquisa sobre o abuso sexual infantil no esporte brasileiro.

Projeto de Lei

Após a mesa redonda, o deputado Roberto Alves irá apresentar ao público o Projeto de Lei nº 5323/2019, que institui o ‘Dia Nacional de Combate à Violência no Esporte’, a ser celebrado no dia 9 de março.

A data é uma homenagem ao menino Denílson Silva, de 13 anos, que foi vítima de abuso sexual e de homicídio, em Recife (PE), em 2016, pelo treinador da escolinha de futebol onde ele treinava. A mãe do atleta, Vânia Maria da Silva, estará presente no evento.

CLIQUE NO LINK E ACESSE O TEXTO DO PROJETO DE LEI NA ÍNTEGRA

Atuante na luta contra a violência sexual infantil, o deputado Roberto Alves destaca que a criança e o adolescente que está nas categorias de base de esporte brasileiro tem sido vítima de vários tipos de violência, os quais vêm afastando muito jovens do sonho do esporte de alto nível.

“No mês das crianças, precisamos alertar a sociedade, principalmente as famílias, para lutarmos juntos contra o abuso sexual, os abusos psicológicos, o racismo, o assédio, entre outros tipos de violações que estão cada vez mais fazendo parte da rotina de treinos dos jovens atletas”, afirmou o parlamentar.

Outras Notícias

Comentários