APOIO DO REPUBLICANOS

Congresso Nacional promulga PEC que adia as Eleições de 2020

O Congresso Nacional promulgou a Emenda Constitucional 107, que adia as eleições municipais deste ano, em razão do novo coronavírus. A proposta foi aprovada primeiramente no Senado e em seguida na Câmara dos Deputados, com o apoio do Republicanos, sob relatoria do líder do partido, deputado Jhonatan de Jesus (RR).

Veja o novo calendário eleitoral


Com a mudança, as votações serão transferidas para o dia 15 de novembro, em primeiro turno, e para o dia 29 de novembro, em segundo turno. As novas datas foram estabelecidas após debates entre membros da Câmara dos Deputados, do Senado Federal e do Tribunal Superior Eleitoral. Representantes da sociedade e institutos de pesquisa das áreas de direito eleitoral, infectologia e epidemiologia também foram ouvidos e contribuíram para que as eleições fossem adiadas.

O vice-presidente da Câmara e presidente nacional do Republicanos, deputado Marcos Pereira, destacou a importância do consenso para a aprovação da matéria. “Mais valiosa do que a vida política de uma nação é a própria vida dessa nação. Dialogamos de forma muito próxima com os prefeitos e vereadores para conseguirmos o apoio necessário”, disse.

Muito além das urnas

Para o deputado Roberto Alves, o adiamento das eleições municipais é a melhor saída para que a caminhada democrática não seja afetada pela pandemia do novo coronavírus. “É preciso defender e garantir este momento que vai muito além das urnas, que começa nas convenções partidárias e termina com a diplomação dos eleitos e prestação de contas”, afirmou.

Outras Notícias

Comentários