EM 2017

Denúncias ao Disque 100 de violência contra crianças e adolescentes foram 230 por dia

Dados preliminares do Disque 100 divulgados pelo Ministério dos Direitos Humanos apontam que em 2017, o sistema recebeu 84.049 denúncias de violações dos direitos humanos contra crianças e adolescentes, no Brasil.

Se dividir este número com os 365 dias do ano, conclui-se que foram 230 denúncias diárias, 9 a cada hora. Se comparado com os dados de 2017, o crescimento foi de 7,2%.

As denúncias relacionadas às crianças e adolescentes correspondem a 58,91% do volume total de registros feitos ao Disque 100, que foi de 142,6 mil. O Disque recebe também denúncias de violência racial, LGBT, contra idosos, portadores de deficiência e outros.

De acordo com o Ministério dos Direitos Humanos, nos casos relacionados a crianças e adolescentes, maioria das denúncias foi de negligência (72,1%), seguido de violência psicológica (47,1%) e violência sexual (24,2).

Na avaliação do presidente da Frente Parlamentar Contra o Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, deputado federal Roberto Alves (PRB-SP), os números divulgados pelo Ministério revelam, por um lado, que as pessoas estão tendo coragem para denunciar e percebem a eficácia do Disque 100.

Por outro lado, disse o parlamentar, o volume de casos assusta e que o poder público precisa agir com urgência. “Precisamos lutar, acima de tudo, pelo bem estar e pelo futuro das crianças. A luta não é só contra a violência sexual, mas contra a violência física e psicológica”, afirmou.

Outras Notícias

Comentários