Debate Importante

Deputado Roberto Alves participa de bate-papo sobre abuso e exploração sexual infanto-juvenil

O presidente da Frente Parlamentar Contra o Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, deputado federal Roberto Alves (PRB-SP) participou, nesta sexta-feira (15), de um bate-papo político cujo tema central foi o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes. O evento foi uma realização da Fundação Republicana Brasileira (FRB).

O evento teve formato de talk show, onde todos puderam participar com perguntas e comentários, inclusive os internautas que assistiram ao bate-papo através da transmissão ao vivo pelo Facebook.

No centro do palco, estiveram presentes Roberto Alves, o delegado da Polícia Civil do Distrito Federal Jean Felipe Mendes e a especialista em neuropsicologia, Alessandra Areias. Na plateia, outros especialistas convidados, como a agente da Polícia Civil do DF e doutora em Ciências da Saúde, Úrsula Ducanges, além de estudantes e conselheiros tutelares que atuam no Distrito Federal.

O tema abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes foi abordado de maneira técnica pelos especialistas, que tiraram dúvidas sobre esse crime, que vem destruindo milhares de famílias em todo Brasil, de todas as classes sociais, religiões e etnias. “O abuso sexual é um crime subnotificado, ou seja, há poucas informações, porque afeta não só a parte física da vítima, mas o psicológico. Entram em cena o medo e a vergonha. É preciso ter muita sensibilidade por parte do poder público e das famílias lidar com o abuso sexual”, explicou Alessandra Areias.

O deputado Roberto Alves destacou que, de acordo com dados do Disque 100, de janeiro a junho deste ano, foram registrados 9.138 casos de violência sexual contra crianças e adolescentes. Ou seja, a cada hora, duas crianças ou adolescentes foram vítimas de abuso sexual no Brasil, no primeiro semestre. “Neste momento, alguém está sendo vítima de abuso sexual”.

O parlamentar também apresentou os projetos de lei de sua autoria que estão tramitando na Câmara dos Deputados, entre eles, o PL 1454/2015, que institui a ‘Semana Nacional de Combate a Sexualização de Crianças e Adolescentes’.

“Estamos trabalhando, junto com outros parlamentares, para acelerar a tramitação das nossas propostas. Esta é uma causa urgente e precisamos fortalecer não só as leis que protegem as crianças e adolescentes, mas as leis que fortalecem a segurança jurídica ao trabalho dos profissionais que atuam na proteção dos menores”, afirmou Roberto Alves.

Outras Notícias

Comentários