MOBILIZAÇÃO

Em Mococa/SP, Frente Parlamentar faz alerta contra o abuso sexual infantil

O crescente aumento do número de casos de violência sexual infantil na cidade paulista de Mococa acendeu o alerta do Conselho Tutelar. Por esta razão, a Frente Parlamentar Contra o Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, presidida pelo deputado federal Roberto Alves (PRB-SP), realizou, neste sábado (25), uma mobilização em defesa da infância a pedido da presidente da Comissão da Mulher, Criança e Adolescente da Câmara Municipal de Mococa, vereadora Val Miranda (PRB-SP).

O evento reuniu dezenas de pessoas na Praça da Cidadania, no bairro Jardim Lavínia, em Mococa. Subiram ao palco os jovens do Lar Maria Imaculada, coordenados por Ieda de Paula; do Projeto Beija-Flor, sob o comando das professoras Fernanda Silva e Andrea Bianconi; e da Força Jovem Universal (FJU), coordenada por Sandra Rodrigues, que fizeram apresentações teatrais, musicais e de dança, todas pautadas no tema abuso sexual infantil.

A ação da Frente Parlamentar também contou com cantores sertanejos, que animaram o público. As crianças se divertiram com os brinquedos infláveis, algodão doce e distribuição do gibi Robertinho e Sua Turma.

Entre as autoridades presentes, estiveram os vereadores Eduardo Barison, de Mococa, e Celso Martins, de Tambaú; o titular do Conselho Tutelar de Mococa, Altair Vicente; o diretor da Fazenda Nova Canaã, de Santa Rosa do Viterbo/SP, João Yasmin Yamashita; e a pastora da Assembleia de Deus, Edna Lopes.

Alerta

A vereadora Val Miranda agradeceu ao deputado Roberto Alves pelo apoio, realizando esta mobilização à cidade. Ele destacou que a Frente Parlamentar chamou a atenção das famílias e principalmente das autoridades, que, para ela, estão apáticas diante do aumento do número de casos de abuso sexual infantil.

O Conselho Tutelar registrou, em 2018, 30 casos confirmados de abuso sexual infantil em Mococa, sendo que 90% dos crimes aconteceram na casa das vítimas, no ambiente familiar, por familiares. “Esta frente parlamentar veio ajudar o trabalho que estamos desenvolvendo em Mococa”, afirmou.

Em seu discurso, o deputado Roberto Alves chamou a atenção da sociedade para o mal do abuso sexual infantil, que destrói as famílias por dentro. E salientou que é preciso encorajar as pessoas, sobretudo as vítimas, a denunciar o crime para o Disque 100. “Precisamos dar as mãos em defesa das nossas crianças e adolescentes, para que essa maldição fique longe delas”, alertou.

Outras Notícias

Comentários