Frente Parlamentar Itinerante

Frente Parlamentar Itinerante estará em Barretos neste sábado

Depois de percorrer mais de mil quilômetros pelo interior de São Paulo, passando pelas cidades de Jaú e Avaré, a próxima parada da Frente Parlamentar Itinerante – Contra o Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes será em Barretos. O evento será realizado neste sábado (18), no Calçadão Municipal, às 10h.

A Frente Itinerante é uma iniciativa do deputado federal Roberto Alves (PRB-SP) e tem como objetivo principal alertar toda a população sobre este tipo de crime. Desde o início de sua trajetória política ele defende esta causa.

“Os casos de abuso e exploração de menores são assustadores. Mas é importante destacar que ainda existem vítimas que estão caladas, com medo, e em consequência não aparecem nas estatísticas. Queremos nesta etapa visitar o maior número de cidades possível, alertando jovens e adultos sobre este crime e também destacando a importância de denunciar uma vítima ou um abusador, seja ele quem for”, destaca o parlamentar.

No local uma equipe de colaboradores realizará a distribuição de folhetos informativos e adesivos da campanha. Já para as crianças serão entregues gibis animados, contendo orientações e dicas de como identificar e evitar alguns perigos como o assédio, exploração sexual e pedofilia.

A programação também contará com a participação dos “Desbravadores de Barretos”, que cantarão o Hino dos Escoteiros, apresentação de artes marciais (Krav Maga) com a equipe Motta e número musical com um jovens do Instituto Bruno Boeira, entidade que cuida de crianças com câncer.

Barretos

Nos primeiros quatro meses deste ano Barretos registrou 20 casos de estupro, média de cinco casos por mês. O levantamento da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo também aponta que nos últimos cinco anos a cidade totalizou 273 ocorrências deste tipo de crime.

Disque 100

Segundo balanço divulgado com números do Disque 100, apenas em 2015 foram mais de 17 mil denúncias de violência sexual contra crianças e adolescentes, média de 50 casos por dia, que incluem exploração e turismo sexual e também casos de abuso. Este é o quarto tipo de violação mais denunciada contra estes menores.

Outras Notícias

Comentários