Discussão Importante

Roberto Alves quer discutir perigos do ‘desafio da baleia azul’ na Câmara dos Deputados

O vice-líder do PRB na Câmara, deputado federal Roberto Alves (SP), quer debater com representantes do Ministério da Justiça, do Unicef, com entidades de apoio e defesa da criança e do adolescente, além de órgãos de segurança pública e especialistas em segurança digital os perigos do ‘jogo da baleia azul’, um desafio macabro que está viralizando nas redes sociais e que, segundo a polícia, foi motivo para o suicídio de jovens em diversos estados.
O republicano é coautor de um requerimento entregue à Comissão de Ciência, Tecnologia, Comunicação e Informática (CCTCI), o qual solicita a realização de audiência pública para discutir o assunto.
O jogo da baleia azul propõe 50 desafios ao participante, depois sugere o suicídio como o desafio derradeiro. A pessoa é monitorada por um ‘curador’, responsável por passar as missões e validar ou não os desafios completados. O desafio começa em nível simples, como afastar-se dos amigos e assistir a filmes de terror, depois segue para a automutilação e acaba em suicídio.
Roberto Alves destacou que esses jogos macabros atraem, principalmente, os jovens em estado de vulnerabilidade psicológica, pois são alvos fáceis de bandidos que se divertem propagando o mal. Crianças e adolescentes que sofrem com depressão acabam entrando nesse jogo com o intuito de chamar a atenção das pessoas, colocando em risco a própria vida.
“O jogo da baleia azul é um pano de fundo para um problema grave, que é a epidemia da depressão, que afeta crianças e adolescentes. É hora de definirmos políticas públicas de longo prazo que ajudem a combater essa epidemia. O apoio das famílias brasileiras é fundamental”, disse o parlamentar.

Outras Notícias

Comentários